Oráculos


Quando se fala em oráculo, geralmente associamos sua imagem com algo que pode nos apresentar possibilidades futuras. No entanto, mais do que previsões, os oráculos podem ajudar na peregrinação da jornada interior.

oráculo - runas

Quando sentar em posição de meditação ou contemplar o Ser interior ou observar o Ego não são o suficiente para a compreensão de quem realmente somos, daquilo que verdadeiramente queremos e qual é o nosso papel nessa grande história chamada Vida, buscar orientação em oráculos é uma maneira muito eficaz para encontrar respostas.

Além de trabalharmos de mãos dadas com o nosso subconsciente enquanto manuseamos nossas cartas, varetas, pedras, runas, pêndulo, bola de cristal {ou seja lá qual oráculo melhor serve você}, abrimos uma porta para que seres com níveis de consciência mais elevada nos guiem durante a nossa “noite escura”. Isso, é claro, se assim desejarmos, afinal, nada é feito contra a nossa vontade.

oráculo - tarot de waite

Oráculos são fontes de sabedoria oculta – esteja ela escondida nas profundezas do seu Ser ou do outro lado do véu que encobre a nossa existência com o Todo. Quando nossos esforços para silenciar a mente e acalmar o corpo não são o suficientes, um pequeno ritual no manuseio de algum oráculo pode ser tudo o que você precisa para {re}encontrar o seu foco e desvendar seus próprios mistérios.

Você não precisa de muito para um pequeno ritual de concentração… basta o suficiente para criar uma atmosfera tranquila. Para mim, vela, incenso e alguns cristais são tudo o que preciso, embora às vezes capriche um pouco mais {nesses dias costumo passar horas contemplando o oráculo escolhido enquanto mergulho numa análise profunda do real significado de cada resposta}.

oráculo - runas - cartas

Tem uma frase que sempre ecoa em minha mente quando sinto o fluxo da minha energia estagnada – o que geralmente ocasiona uma pequena ou uma grande crise – e que me guia novamente até o meu centro trazendo reconforto. Ela diz que “o único caminho para fora é para dentro.” Ou seja, todas as respostas que buscamos está dentro de nós; tudo aquilo que queremos está dentro em nós. Tudo aquilo que nossos olhos físicos podem ver nada mais é do que uma manifestação do nosso universo interior. Então, para organizar a bagunça do lado de fora, antes precisamos organizar a bagunça do lado de dentro. E isso só é possível quando conhecemos cada canto sombrio de nós mesmos, pois é lá que se esconde a verdade… é em nossa escuridão que encontramos nossa luz. Não tenha medo de mergulhar nas profundezas de você mesmo e iluminar cada canto escuro e sombrio, porque é lá que se escondem as suas mais belas e luminescentes manifestações de vida.

oráculo - the wild unknow tarot deck

Comente