Tudo que vai, volta


Eu não sei se você já reparou, mas realmente tudo que vai, volta. A lei do retorno (ou lei da atração como é mundialmente conhecida) é real e está constantemente trabalhando. Porém, a grande maioria das pessoas que sabem disso têm apenas um ponto de vista sobre o assunto e acabam não se dando conta da parte mais importante… Tudo que você manda, volta pra você também.

(Antes de entrar em maiores detalhes, quero deixar claro que estou falando de algo que vai além da ação física, eu to falando aqui de energia e vibração, to falando de sentimento e emoção, to falando sobre ter consciência da frequência que estamos emitindo.)

Quando alguém faz alguma coisa que nos prejudica, nos sentimos vitimizados/injustiçados/insira-aqui-qualquer-sentimento-ruim, e desejamos que a pessoa receba tudo em dobro. E, acredite, ela recebe. O problema todo é que acabamos esquecendo que essa regra vale pra gente também, e tudo o que a gente manda, volta em dobro pra nós.

Não, eu não estou falando de pensamentos positivos (embora eles tenham um poder enorme na vida da gente), eu to falando de sentimentos positivos, emoções positivas (que possuem um poder infinitamente maior na vida da gente). Quanto mais nos sentimos vitimizados/injustiçados/insira-aqui-qualquer-sentimento-ruim, é exatamente mais disso que vamos atrair, mais situações que nos façam sentir desse jeito. Afinal, semelhante atrai semelhante.

Então, toda vez que você lembrar de alguma coisa que te fizeram que faz você se sentir mal e faz você pensar que tudo que vai, volta, lembre-se de que isso vale pra você também, lembre-se que todo sentimento, toda emoção, toda vibração que você põe pra fora, volta em dobro pra você. Quanto mais você pensar na pessoa ou situação que te deixou mal, mais pessoas e situações que te deixam mal você está atraindo pra sua vida. Sendo assim, dê um jeito de se livrar dessa vibração ruim, dê um jeito olhar pra dentro e ter consciência do que se passa no seu interior em vez de ficar se preocupando com o que acontece do lado de fora. De fato, o que acontece do lado de fora é um reflexo do que está acontecendo do lado de dentro. Se você que ter uma vida tranquila, cheia de alegrias, com tudo de mais maravilhoso que você deseja, aprenda a ter controle do que se passa dentro de você.

A vida é um eco!

Tudo o que você sente por dentro, se manifesta no mundo aqui fora. Se você se sente triste, injustiçado, vitimizado, roubado, traído, blá-blá-blá negativismo, mais você vai atrair situações e pessoas que te façam sentir assim. Agora, se você quer ter a vida que sempre sonhou, comece fazendo uma faxina por dentro. Livre-se de emoções negativas, de sentimentos negativos. Depois, é tudo uma questão de compreender o clichê “O segredo é não correr atrás das borboletas… É cuidar do jardim para que elas venham até você.

Cuide de você, cuide do seu jardim, cuide das suas vibrações, pois tudo o que você manda para o universo, ele manda em dobro pra você. Quanto mais SENTIMENTOS bons você tiver, mais coisas boas vão chegar até você. É como um sinal de rádio: se você quer ouvir uma música que agrade os seus ouvidos, precisa sintonizar numa rádio que toque as músicas que você gosta. Se você quer felicidade, alegria, amor, sucesso profissional, procure por “sinais de rádio” que te façam entrar na mesma frequência daquilo que você mais quer.

Falando em música, aqui vai um truque que funcionou que foi uma beleza pra mim quando comecei a aprender/compreender essa coisa de vibração/frequência: preste atenção nas músicas que mexem com as suas emoções. Sabe quando toca uma música que te dá arrepios e você sai gritando “AAAHHH MINHA MÚSICA“? Pois é, ela realmente é a sua música. Essa música está refletindo as suas emoções, o que anda acontecendo lá dentro. Quando você sente a música (estou falando da letra e não da batida), quando você acredita que aquela música foi feita pra você e você canta ela sentindo que cada letra significa exatamente o que está acontecendo com você, preste atenção, porque existe uma grande chance de você estar “fazendo uma oração” pro universo sem se dar conta. Então, que tal começar a cantar uma música que reflita aquilo que você quer?

Comente