TED – Dustin Yellin 1


Uma vez por semana, pelo menos eu gostaria que fosse assim, eu visito o site do TED buscando por vídeos sobre criatividade, inspiração e filosofias de vida. Mas daí o inevitável sempre acontece: eu passo semanas sem colocar meu olhos nas palestras e quando, finalmente, assisto alguma, acabo passando a tarde inteira assistindo várias. Não, eu não estou reclamando, afinal, de um jeito ou de outro, eu sempre cumpro minhas metas. Enfim…

Semana passada eu estava lá pelo site assistindo palestras de grandes nomes como James Cameron, J. J. Abrams (adoro esse cara) e Shekhar Kapur, quando um tal de Dustin Yellin apareceu nas “indicações de próximas palestras para assistir”. Fiquei curiosa pelo título do vídeo – A journey through the mind of an artist – e cliquei no link.

O vídeo tem cerca de 7 minutos e logo nos primeiros 3 minutos eu já estava com os cotovelos na mesa e com a cabeça entre as mãos (minha posição típica de quando assisto/escuto algo entediante). Pensei em parar de assistir e procurar algo mais inspirador, mas o vídeo era curtinho e eu sou meio que persistente ao ponto de ser um tanto teimosa às vezes. E graças a Deus eu não parei de assistir, porque no finalzinho da palestra, o tal Dustin me larga, tipo soco na cara, umas das melhores metáforas que eu já ouvi na minha vida. E daí eu me dei conta de que, sim, ele falou do trabalho dele durante os 7 minutos, mas no meio disso ele também mostrou o ponto de vista dele sobre a vida… e, cara, foi lindo demais!

Disse ele:

Você redefine o seu interior e a caixa que você vive, e acaba percebendo que estamos todos nessa juntos, que essa ilusão de diferenças, essa ideia de países, de fronteiras, de religião… não funciona. Somos todos feitos das mesmas coisas, na mesma caixa. E se não começarmos a trocar essas coisas doce e delicadamente, nós vamos todos morrer muito em breve.

Pra você entender melhor a ideia, assista o vídeo:


Comente

Um pensamento em “TED – Dustin Yellin

  • tripsandbits

    Filosofia cigana, puramente.
    Porque ainda há uma parte da população idiotizada com a ideia que o planeta Terra possui raças de seres humanos diferentes. Mentira. Muito boa essa visão dele e poder mostrar isso para o mundo ou parte dele pelo menos, mas que irá se proliferando…