Old But Gold


Eu não sei bem quando começou, de onde surgiu ou por qual motivo, só sei que vivo um relacionamento de pura magia com coisas antigas. Existe um certo romantismo nelas que me fascina. Só de pensar em todas as histórias que passaram por objetos, casas e roupas de outras épocas me deixa completamente hipnotizada.

house

victorian-interior-design-living-room

Ainda me lembro da máquina de costurar que minha tia tinha (e acho que ainda tem), fazia um barulho ensurdecedor, parecia uma locomotiva. Eu adorava. Podia passar horas do lado dela fazendo roupas para as minhas bonecas. Costurar era rápido, mas colocar a linha era um processo lento, e eu ficava rezando pra ela não enrolar. Meu sonho era costurar naquela máquina, mas meus pés não alçavam o pedal e obviamente eu não tinha a coordenação necessária no auge dos meus 5 anos.

máquina de costura

Com o passar dos anos, a máquina de costurar da minha tia foi substituída por uma nova máquina… a de escrever. Agora, já com 7 anos (dois anos é muito na vida de uma criança), o meu novo sonho era escrever na dita cuja. Esse sonho foi fácil realizar. Eu saía da escola e, por morar longe, tinha que passar as tardes no trabalho da minha mãe. Nossa… aquilo era um parque de diversões pra mim, uma infinidade de possibilidades, só alegria. Quando era possível, minha mãe me deixava ficar brincando em alguma mesa vaga e ali eu fazia a festa na tal máquina de escrever. Eu demorava eras pra escrever uma linha, e mesmo assim me sentia a criança mais inteligente do mundo por conseguir mexer naquele trambolho. No final de cada linha, quando ela fazia aquele “plim” eu me sentia vitoriosa.

máquina de escrever vintage

Mais recentemente, um ex-namorado meu foi trocado por algumas antiguidades. O pai dele tinha (certamente ainda tem) uma coleção de rádios antigos, e eu fiquei pasma quando percebi que eles ainda funcionavam. A parte engraçada foi escutar a Jovem Pan tocando naquele pedaço de madeira tão antigo. Confesso que tive uma certa dificuldade em entender o funcionamento do painel, mas isso só tornou tudo muito mais interessante. E quando consegui sincronizar aqueles botões redondos com os números, praticamente voltei no tempo e me senti aquela menininha terminando de escrever uma linha na antiga máquina de escrever.

radios vintage

Coisas antigas têm seu valor, certamente marcaram uma época, têm história e são lindas de se admirar (algumas até ficam mais lindas na sua casa).

Old But Gold!

antiguidades

câmera vintage

caminhonete vintage

fotografias

telefone vintage

vespa

vintage

correio

Comente