Magia


Eu acredito em magia.

Acredito no poder transformador do fogo, na energia que emana da terra, na vibração da água, na força do vento. Acredito em oráculos, em sinais e na força do pensamento. Acredito também que músicas, quando tocam o espírito, tornam-se encantamentos poderosíssimas e que risadas fazem anjos e fadas baterem suas asas felizes.

Sim, eu acredito em anjos e fadas. E também em bruxas, elfos, sereias, gnomos, duendes, extraterrestres e todos (absolutamente todos) aqueles seres que são julgados como fantasiosos pelo senso comum. Mantenho olhos, ouvidos e mente sempre bem abertos e atentos para nunca perder um vislumbre que seja da presença desses seres interdimensionais.

Acredito em alquimia, pó mágico, talismãs, amuletos, poções milagrosas e memória ancestral. Acredito no poder do amor, da paz e da força de vontade. Acredito nas leis herméticas, que tudo e todos são feitos da mesma energia cósmica e que o segredo da transcendência está dentro de cada um.

Acredito em tudo até que me provem o contrário. Afinal, só porque não vemos alguma coisa, não significa que ela não está lá. Para mim, a prova disso está no ar que respiramos.

Agora, se você se recusa a acreditar em magia, pesquise sobre mecânica quântica e ciência noética. Depois, pegue toda a informação que conseguir reunir e transforme naquilo que você quiser. Eu transformei em encantamento, porque tudo o que eu sempre quis foi ter uma vida cheia de magia.

Transformação é uma palavra mágica. Use-a com sabedoria.

Eu acredito em magia. Há magia em todos nós. E se você acreditar nela também, eu prometo, você terá uma vida extraordinariamente mágica.