Limpando o meu closet 2


No mínimo duas vezes por ano eu faço uma faxina no meu closet. Acredito nessa coisa de fazer circular as energias. E visto que 2012 já está batendo na porta, resolvi fazer a limpa.

Coloquei meu closet abaixo e comecei a me livrar, sem dó nem piedade, daquelas peças que eu já não usava há algum tempo. Confesso que algumas delas tinham um certo valor sentimental e várias vezes pensei “E se aparecer uma oportunidade em que eu possa usá-la? E se a moda voltar? E se…?” Então me dei conta de que isso acontece com tudo na minha vida.

Existem momentos, pessoas, coisas que mesmo não sendo mais funcionais em nossas vidas insistimos em mantê-los por ali, no fundo do nosso “closet”, com medo de abandonar de vez e em um futuro não muito distante pensar “Ai, por que eu me desfiz…?” O fato é que precisamos renovar as energias. Se a peça está no fundo do closet, é porque ela é apenas uma lembrança de algo que já não usamos mais.

Então, pensei comigo mesma “Quanta possessividade, hein Dona Pamela. Larga disso. Se não dá pra repaginar ou consertar ou reformular ou transformar a peça em algo mais contemporâneo, bonito e utilizável, é melhor doar para alguém que realmente precise disso.” Então, lá se foram 28 peças, 100 pessoas no facebook (que eu já nem me lembrava mais quem eram), 150 unfollows no twitter, 1 “Vamos com calma, amigo. Você está indo rápido demais e eu não estou tão a fim de você.” e 1 “Ok, já que desse mato não sai cachorro, então é melhor a gente continuar sendo apenas amigos.

Feliz da vida com a minha faxina, com energias renovadas, estou pronta para pular as 7 ondas quando 2012 chegar usando um vestido e uma blusa seminovos, repaginados por mim (mas a calcinha vai ser nova).

Sex And The City - Carrie Bradshaw

 


Comente

2 pensamentos em “Limpando o meu closet