Benefícios do gengibre


Desde a antiguidade o gengibre é usado tanto como remédio quanto para a culinária. Muito utilizado para a desintoxicação do organismo, ele também serve como um poderoso anti-inflamatório, anticoagulante, antioxidante e bactericida.

benefícios do gengibre

Rico em substâncias termogênicas que ativam o metabolismo do organismo e potencializam a queima de gordura corporal, o gengibre é um ótimo aliado pra quem quer perder uns quilinhos extras. O gingerol, uma das substâncias do gengibre, possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que protegem o organismo de bactérias e fungos. E é esta substância a responsável pelo sabor picante do gengibre.

Já foi comprovado que o gengibre é um potente analgésico natural, auxiliando a combater dores de cabeça. Além disso, ele é um ótimo tratamento natural contra gripes e resfriados. Também tem efeitos positivos contra náuseas, vômito, dor de estômago, congestão do peito, dores de garganta, bronquite e ainda ajuda a combater o câncer. Na medicina chinesa, o chá de gengibre com açúcar mascavo é usado contra cólicas menstruais.

gengibre

O gengibre poder ser consumido de várias maneiras: cru, em conserva, como chá ou óleo, em bebidas e alimentos como agente aromatizante. Quando utilizados em chás, basta fazer uma infusão com pequenas fatias frescas – eu, particularmente, adoro chá verde com gengibre, mel e camomila. Na culinária é utilizado tanto em pratos doces quanto salgados, podendo ser desidratado, fresco, em conserva ou cristalizado. Em sucos, basta bater no liquidificador junto com a fruta de sua preferência, e, se for do seu agrado, acrescente uma folhinha de hortelã. Mastigar pedacinhos de gengibre ajuda a aliviar irritações na garganta. Em pó, possui sabor bem mais suave do que em pedaços frescos, e por isso é muito usado em receitas de bolos, pães, biscoitos e tortas.

chá com gengibre

Eu não vivo mais sem gengibre, desde que implementei na minha vida, raríssimas foram as vezes em que tive problemas de garganta ou com gripes e resfriados – antes eu costumava cair de cama no mínimo duas vezes por ano.

Comente